Menu
Filiada à:
Menu

Pesquisa Saúde Mental Brasil

A pandemia do coronavírus resultou em riscos sem precedentes para a saúde mental em todo o mundo. O impacto refletiu nas taxas relativamente altas de ansiedade, depressão, estresse, sofrimento psicológico, sentimentos suicidas e outros sintomas relatados na população.

Para identificar os efeitos do isolamento social devido a pandemia da COVID-19 sob o desfecho do suicídio, e sua prevenção, Gabriela Keller, médica geriatra, associada da SBGG, participou do estudo colaborativo internacional, liderado pelo Prof. PhD Igor Galynker, Presidente Associado e Diretor de Pesquisa do Departamento de Psiquiatria da Escola de Medicina Icahn no Monte Sinai, sobre medidas para a prevenção de suicídios no período de quarentena, com o intuito de analisar as demandas clínicas dos indivíduos e assim mensurar as consequências do isolamento sob a saúde mental dos mesmos.

Para esta finalidade, uma pesquisa anônima está disponível para participação de forma on-line, respondendo a um questionário com o objetivo de avaliar a intensidade da Síndrome de Crise Suicida e outros índices de risco de suicídio.

No Brasil, a pesquisa é liderada pela Profa. Samira Valvassori (UNESC) e pretende alcançar todos os estados brasileiros.

A SBGG conta com sua colaboração na divulgação da pesquisa

Participe e divulgue: https://tccolumbia.qualtrics.com/jfe/form/SV_74omy6Hpe6mLDKd