Confira 3 mitos sobre o envelhecimento

Envelhecer pode ser um desafio para a maioria das pessoas. Afinal, essa etapa da vida traz muitas mudanças e tem suas particularidades. Sabemos que o envelhecimento não é igual para todos e que estereótipos criados pela sociedade não refletem o que é ser idoso. A SBGG esclarece alguns pontos que são considerados mitos relacionados ao envelhecimento


Idosos não fazem sexo:

Com a idade, ocorrem alterações hormonais que são consideradas naturais e há mudanças no ritmo e nas repostas a certos estímulos, levando a alterações na libido, por exemplo. Algumas comorbidades e seus tratamentos, esses sim, podem interferir diretamente na função sexual. No entanto, isso não significa que não exista mais desejo e que o corpo não expresse mais as reações fisiológicas relacionadas ao sexo. Em outras palavras, idosos saudáveis continuam podendo ser sexualmente ativos.

Demência é consequência da idade:

A demência, na verdade, é toda doença que acomete o cérebro e que leva a esquecimentos e dificuldades em executar tarefas do dia a dia. Idosos podem ter uma memória não tão eficiente, mas isso não traz prejuízos para a vida. A principal causa de demência é a Doença de Alzheimer e sabemos que, quanto mais idosa é a pessoa, maior a chance ela de ela desenvolver a doença, sendo a idade, portanto, o principal fator de risco. Além do mais, fatores genéticos, doenças como a hipertensão e o diabetes podem estar presentes e indivíduos mais jovens também podem ser acometidos por um quadro demencial. Sendo assim, é um mito a ideia de que a demência se deve ao envelhecimento por si só.

Não é possível mudar hábitos com a idade avançada:

Essa é uma outra ideia estereotipada. Idosos podem sim mudar seus hábitos e adquirir novos conhecimentos. São comuns as dificuldades com as novas tecnologias ou as mudanças rápidas pelas quais o mundo está passando. Mas as dificuldades para mudar não estão relacionadas com a idade e sim com o próprio indivíduo, com o seu jeito de ser, suas preferências e sua personalidade. Mudar exige força de vontade e isso não se perde porque a pessoa envelhece.

Gostou? Para acompanhar mais dicas de como manter um envelhecimento ativo e saudável, acesse as redes sociais da SBGG:

/Facebook /Instagram /LinkedIn