CBGG apresenta: Conversa no Sofá – Eu, idoso e os marcos de minha trajetória de vida – com Paulo Canineu e Ligia Py

Conversa no sofá_III       Uma conversa despojada com dois grandes ícones da geriatria e gerontologia: Dr. Paulo Canineu e Dra. Ligia Py, que irão compartilhar com o público informações sobre as suas trajetórias de vida, suas conquistas e suas perdas, além explanarem como lidaram com suas frustações profissionais e pessoais. Enfim… um momento ímpar para conhecer como estes dois importantes especialistas estão vivenciando o processo de envelhecimento. Venha vivenciar conosco esta experiência! Sábado, dia 11 de junho, de 12h às 13h30 – na sala 3 do Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza (CE); A atividade integra a programação do CBGG 2016 e precederá o encerramento oficial do Congresso e a premiação dos melhores trabalhos desta, que é a 20ª edição do encontro.   Que é Paulo Canineu Médico, especialista em Geriatria pela SBGG, mestre em Ciências Biológicas e doutor em Gerontologia. Diretor Geral do Instituto de Memória e Envelhecimento “Paulo Canineu” de Sorocaba. Professor do Departamento de Ciências Fisiológicas e de Pós-Graduação de Gerontologia na PUC SP e da Universidade São Camilo de SP. Professor e médico convidado, voluntário do LIM 27 do IPqHCFMUSP, supervisor de ambulatório de Psiquiatria Geriátrica Participou ativamente da SBGG como integrante de diretoria e comissões. Quem é Ligia Py Psicóloga, mestre e doutora, com estudos na área do envelhecimento e morte na velhice. Especialista em Gerontologia pela SBGG. Na SBGG participou como integrante da diretoria, conselho consultivo e comissões. Na seção Rio de Janeiro ocupou a presidência do departamento de gerontologia. Vem atuando como professora convidada em cursos de especialização, mestrado e doutorado de Universidades de diversos Estados, com os temas envelhecimento e finitude humana. Integra, atualmente, o quadro de Professor Colaborador do Instituto de Psicologia da UFRJ, é membro do Conselho de Bioética do INCA e da Câmara Técnica sobre a Terminalidade da Vida e Cuidados Paliativos do CFM.