Se esse é seu primeiro acesso, clique aqui. Esqueci minha senha

Campanha de contra hepatite C busca eliminar doença até 2030

18/09/2019

Em agosto, a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) em conjunto com a Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH), lançou a campanha “Todos no Combate da Hepatite C”, na sede da Associação Médica Brasileira (AMB). Com apoio da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) e outras entidades médicas, a ação busca engajar as sociedades sobre a necessidade do diagnóstico da hepatite C e eliminação do vírus até 2030. A meta foi estipulada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Nosso objetivo é engajar as sociedades para eliminação da hepatite até 2030, que é a meta pactuada entre o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde. O tratamento leva a uma chance de cura de 95%, portanto queremos, até 2030, levar a uma redução de casos novos em 90%, tratar 80% dos casos e reduzir a mortalidade em 75% dos casos”, afirma o Dr. Paulo Bittencourt, presidente da SBH.

A hepatite C pode ser transmitida pelo sangue contaminado, sexo desprotegido e compartilhamento de objetos perfuro-cortantes e atinge, principalmente, adultos acima dos 40 anos. Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2017, foram registrados 24,4 mil casos da doença e mais de um milhão de pessoas que tiveram contato com o vírus do tipo C. Com mais de 90% de chances de cura, o tratamento é oferecido gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS).

A SBGG, representada pelo presidente Dr. Carlos André Uehara, se comprometeu em atuar junto à geriatria na busca de maneiras de fazer o diagnóstico com mais rapidez, encaminhar os pacientes para o tratamento correto e, dessa forma, eliminar a Hepatite C.

Clique aqui e confira o vídeo oficial da campanha. 

iTarget

iTarget